Terça-feira, 22 de Setembro de 2009

Professores que futuro?

Mais um video que reflecte o sentimento com que vamos morrendo como país...

Basta ver...

Sem mais...

 

publicado por MaskedCrusader às 21:36

link do post | faça o obséquio de comentar | favorito
Terça-feira, 8 de Setembro de 2009

Back online - É disto que o povo gosta

Pois é... voltei com esta pérola.

Um tipo no mínimo distraído...

 

publicado por MaskedCrusader às 21:50

link do post | faça o obséquio de comentar | favorito
Sábado, 21 de Junho de 2008

Volta ao bilhar grande

Ontem fui às compras...

 

Grande superfície comercial pessoas, muitas pessoas...

filas para a caixa...

mas, felizmente, num país desenvolvido, existem caixas prioritárias para pessoas com deficiência, grávidas e mães com bebés de colo (sou pai de um bebé de nove meses).

A minha esposa fica na caixa à espera de por as compras enquanto vou à secção automóvel ver os produtos disponíveis.

Eis se não quando, na caixa prioritária, aparece um sujeito  pronto para  usar e abusar de direitos que parecia não ter (grávido? impossível, papá? não tinha o filho com ele, velho? não aparentava sê-lo, deficiente? só sendo da cabeça). A operadora de caixa advertiu-o de se tratava de uma caixa prioritária e, consequentemente, teria que usar outra caixa.

O indivíduo desculpou-se dizendo que tinha um filho em casa. Não colou.

Irritado exclamou "Vá passear!" Foi-se.

Tudo isto se passou enquanto eu, impávido e deliciado, observava a secção auto.

Regressado a minha esposa contou-me o sucedido. Lamentei -"Deve ser por causa de sujeitos destes que Portugal está como está."

Urge saber se o bom do Português quer ter uma atitude de respeito para com o seu próximo.

É necessário mudar-se a si próprio positivamente para mudar, também positivamente, o mundo em volta.

publicado por MaskedCrusader às 21:33

link do post | faça o obséquio de comentar | favorito
Quinta-feira, 6 de Setembro de 2007

Serei eu um(a) Bronco(a)?

Este inquérito é feito com base em testemunhos reais e após comprovadas e aturadas observações quotidianas. Não tem por base qualquer estudo científico nem se destina a ser apresentado a audiências mais esclarecidas mas inoperantes.

Apenas se destina a averiguar o coeficiente de cidadania em cada um de nós, nada mais. É por isso importante que preencha e envie os dados para www.portubol.blogs.sapo.pt para que possam ser avaliados e qualificados.

Consiste num conjunto de dez perguntas com respostas de escolha múltipla pontudas de um a dez. Responda com sinceridade pois só assim poderá saber se é ou não um verdadeiro bronco. Caso seja mesmo bronco e decida responder aquilo que os outros gostariam de ouvir então não continue, este teste não é para si pois está apenas a enganar-se.

 

Pergunta 1

 

Quando está na praia como procede em relação ao seu lixo ou ao lixo que lhe arremessam a si?

 

Deixa ficar na areia à espera que ninguém note e parte da praia com a sensação de um dia bem passado.

 

Quer lá saber da opinião dos outros para alguma coisa. A praia nem tem bandeira azul!

 

Recolhe o lixo deposita nos contentores e até faz a separação e tudo.

 

Pergunta 2

 

Enquanto conduz, auto-estrada, a cento e muitos ou talvez duzentos (mais do que o limite estipulado por lei, bem entendido) outro condutor toma a sua faixa (a da esquerda porque a outra é para os pastelões) e, a cento e vinte, procede a uma ultrapassagem. Que faz?

 

Repetidos sinais de luzes e buzinadelas pois as lesmas não tem direito a ultrapassar e a auto-estrada é para quem tem bons carros.

 

Barafusta mas contém o mau génio e deixa que o outro condutor faça a ultrapassagem em segurança.

 

Não excede os limites de velocidade mas quando isso acontece dentro dos limites da lei, respeita os ritmos de condução de cada um.

 

 

 

 

 

 

Pergunta 3

 

Em casa ou no carro ouve a sua música preferida como?

 

 

Fazendo questão que, uma vez que mora no terceiro andar, o vizinho do rés-do-chão aprecie os seus gostos musicais. Uma vez no carro, que todos saibam que se aproxima e, já com os ouvidos a zunir, se recordem de si mesmo quando já fez tempo que passou.

 

Em som alto mas de modo a que não acorde os vizinhos nem espante a pardalada.

 

Ouve a música para si de preferência em MP3 e quando pode.

 

Pergunta 4

 

Na praia quando joga com os amigos.

 

Aprecia o calor humano e joga o mais próximos possível dos vizinhos para não ter que ir buscar a bola. Alguém o fará por si pois já levou com ela em cima.

 

Joga perto das pessoas mas cuidado e com atenção para não magoar ninguém.

 

Procura um local sem pessoas e joga ai. Se não houver não há jogos nesse dia. Decide ir para outra praia.

 

Pergunta 5

 

O país está, mal as taxas de juro voltaram a aumentar e o seu ordenado não estica. O que faz?

 

Exclama uma data de impropérios contra o governo e contra os bancos (Trichet incluído) e anseia que o seu clube do coração (de futebol claro. Há mais algum desporto em Portugal?) seja campeão para que nem tudo na vida sejam espinhos. No entanto … aquele plasma… está decidido! mais um créditozito nunca fez mal a ninguém!

 

Procura reduzir as despesas e não contratar mais créditos mas, ainda assim, pensa que isto é tudo culpa do governo. Lamenta-se.

 

Desloca-se ao banco, renegoceia o spread, caso leve um não procura outros bancos e corta nas despesas. Crédito? Só o da casa e já é muito.

 

 

 

 

Pergunta 6

 

Na fila do supermercado tem alguém atrás de si: enquanto tem o seu carro a abarrotar essa pessoa só tem duas ou três coisitas. O que faz?

 

Não faz nada.

 

Continua a não fazer nada mas … Desta vez, com um certo requinte, olha para o lado e faz vista grossa.

 

Deixa essa pessoa passar.

 

Pergunta 7

 

As filas para si são:

 

Uma organização social estranha cuja existência desconhece.

 

Um aborrecimento próprio para quem tem tempo se sobra na vida (reformados, desempregados e entrevados).

 

Um meio civilizado de organização onde é legitimamente atendido que chega mais cedo.

 

Pergunta 8

 

O seu objectivo de vida é:

 

Ganhar o Euromilhões.

 

Esperar que um familiar seu ganhe o Euromilhões e lhe calhe uma “fatia de bolo”.

 

Ter uma vida desafogada à custa de algum trabalho.

 

Pergunta 9

 

No seu local de trabalho:

 

Assobia para o lado, mãos nos bolsos é a sua posição de trabalho preferida.

 

Protesta por tudo e por nada mas, quando chega a hora… faz o mesmo que alguns: pouco.

 

 

 

 

Procura produzir, pois ajuda a empresa e, em última análise, a si próprio. Manifesta, de forma válida e fundamentada, a sua opinião relativamente ao seu funcionamento pois supostamente vivemos num pais livre e democrático. Faz parte de uma equipa.

 

 

Pergunta 10

 

Portugal para si é:

 

Um rectângulo bonito e florido à beira mar plantado.

 

Um país da treta mais parecido com o Brasil que com a Espanha.

 

Um país em constate mudança e aperfeiçoamento que deve ter como lema “Heróis do mar, nobre povo” (Alfredo Keil do Amaral).

 

Pontue as suas respostas de acordo com a seguinte ordem:

 

1ª Resposta – um ponto;

2ª Resposta – cinco pontos;

3ª Resposta – dez pontos.

 

Some o total.

 

Se obteve entre dez e trinta e cinco pontos ESTÁ DE PARABÉNS é um verdadeiro BRONCO. Para estar completo arrote em publico e tire macacos do nariz sem grandes cerimónias.

 

Se obteve entre trinta e cinco e sessenta e cinco pontos bem… é um tipo para o bronco mas… não, não se enquadra inteiramente no perfil. Temos pena. Porque não faz o Brocóinquérito outra vez?

 

Se obteve entre sessenta e cinco e cem pontos é demasiado civilizado para fazer este inquérito. Porque leu até ao fim? Este inquérito nem era para si! Vá dar uma volta! Isto é pa tipos com algum estilo tipo Tony e ZéZé.

 

 

 

 

 

O quê ainda ai está?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Possa qué teimoso!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Não tem mais nada para fazer?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ADEUS!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Já começo a duvidar da sua inteligência…

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Agora é qué mesmo adeus e obrigado pela sua colaboração.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

© Bruno Gonçalo 2007

publicado por MaskedCrusader às 23:11

link do post | faça o obséquio de comentar | favorito
Segunda-feira, 23 de Julho de 2007

Coisas Fúteis

É engraçado o quanto mudamos ao longo dos anos. Na rua não consigo distinguir o rico do roto porque vivo cada vez mais num país de "doutoures" que insistem em fazer-se passar por algo que dificilmente são.

Choca-me também o contraste entre as festas no "Sasha Summer Sessions" e Algarve profundo onde muita gente nem sequer viu o mar.

Na "falecida" Revolta Luís Filipe Borges deitou para fora um primeiro programa em tocava paulatinamente nisso – a futilidade das pessoas. Tens uma calças Cavalli? Falar para quê fonix as calças falam por ti. Tens os dentes branquinhos, branquinhos, branquinhos? Sorri, não fales é melhor e dás menos nas vistas.

Bateu-se no fundo da futilidade e da estupidez.

De um lado a riqueza extrema e reles de outro lado a pobreza humilde ignorante faces de um país que se encontra a braços com uma grave crise de identidade e se procura afirmar da forma mais cabotina que existe.

Simples mas complexo. Duro mas verdadeiro. Nunca superficial.

publicado por MaskedCrusader às 19:19

link do post | faça o obséquio de comentar | favorito
Segunda-feira, 9 de Julho de 2007

Salvar o planeta... estamos ai?

    Depois da maratona do SOS Live Earth confesso que fiquei sem fôlego. A malta convidada repetia-se incessantemente e quando procurava inovar metia os pés pelas mãos.

Desde há muito que sabemos que quando o "texano" "rasgou" o Protocolo de Quioto o mundo entrou num ponto de viragem que está agora a fazer-nos sentir as consequências. Os governos fecham os olhos face ao poderio económico e se é verdade que é viável a produção massiva de energias alternativas (sol, mar), combustíveis alternativos (bio diesel, GPL) e motores ecológicos (células de hidrogénio, eléctricos), não é menos verdade que só daqui a cinquenta anos estarão esgotadas todas as reservas de petróleo (que chatisse!) e que os carteis ligados a essa nefasta energia exercem o seu poderoso loby sobre os “donos” do mundo (leia-se o Meu Popó Polui aqui escrito).

Lançados que estão os dados recordemos que esta preocupação ecológica não é nova e que já Hundertwasser (artista plástico austríaco) defendia a condição essencialmente ecológica do ser humano.

    Só para pensar… talvez mais importante que a invenção da roda será a consciencialização colectiva de que o mundo é mais importante que nós. A história se encarregará (espero eu e antes que seja irremediavelmente tarde) de declarar esta era como a era da estupidez colectiva (não me ponho de fora) e do egoísmo humano. Se algum dia o homem sair desta era sem ter morrido emergirá como ser mais sábio e mais completo.

Pensem…

Pensar faz bem! É livre e não paga imposto!

publicado por MaskedCrusader às 22:54

link do post | faça o obséquio de comentar | favorito
Segunda-feira, 11 de Junho de 2007

Piaget vaidoso

    Se há pessoa que irrite solenemente é sem sombra de dúvida este senhor. Sempre a rir opina por tudo e por nada no que à infância diz respeito. Opinou pela primeira vez (que me houvesse dado conta), de forma sorridentemente desastrada, no debate que se seguiu a uma reportagem sobre violência nas escolas, na RTP Um.
    Desde então tem sido tido e achado em tudo o que é reflexão sobre infância, adolescência e pré adolescência . O Daniel Sampaio parece ter-se eclipsado.
Por último, o Professor Pinto Balsemão achou-lhe tanta graça que até lhe atribuiu um espaço no Jornal da Noite das segundas feiras, denominado de Livro de Reclamações onde, este personagem vaidoso, sempre com um irritante sorriso de orelha a orelha repete ideias já exploradas até à exaustão, com ar de especialista de coisa nenhuma. Este lírico professor universitário (mais um) parece desconhecer de todo em todo a realidade quotidiana do mundo infantil . Com base num conhecimento empírico, que habilmente transforma em conhecimento universitário, dá "receitas" para a compreensão do modo de viver infantil procurando aliviar quase todas as "dores de cabeça" paternas.
   A meu ver Eduardo Sá não é mais que um diletante que busca um espaço de curta (espero) popularidade para se autopromover como se de uma estrela pop se tratasse...
    Peculiaridades pueris de um pequeno país...
publicado por MaskedCrusader às 21:25

link do post | faça o obséquio de comentar | favorito
Segunda-feira, 4 de Junho de 2007

Invenções

    Inventar é o desporto favorito de alguns. Inventar negócios, objectos, conteúdos, materiais digeríveis e nem por isso) tangas... Umas invenções dão certo outras ficam para sempre na obscuridade. O certo é que por vezes as que correm mal são as que ficam para a posteridade , como um borrão no papel, difícil de apagar. A malta que inventa, fá-lo muitas vezes por ócio, e logo falta de outra ocupação, ou porque lhe pagam para isso sendo que lhe chamam "criativo". Inventor não era mau mas "criativo" é mais pomposo. Giro.
    As ideias saem em catadupa e são prontamente passadas ao papel. Logo esses novos papeis são convertidos em trabalho para outros desgraçados que já trabalham e nem tempo tem de ir à casa de banho inventar. A maioria das ideias desses criativos, graças a Deus,  desaparecem com simples descarregar de botão de autoclismo outras permanecem agarradas à cabeça e nem com descarga dupla se vão embora. Teimam em ficar.
    É chato porque quando os inventores saem da casa de banho com um ar sorridente sabemos que houve "merda " e de certeza que quem leva com ela, a seguir, somos nós.

    Desgraças da malta pouco iluminada...
publicado por MaskedCrusader às 17:49

link do post | faça o obséquio de comentar | favorito
Quinta-feira, 31 de Maio de 2007

Está-se mesmo a ver que...

nada.
    Porque quando alguém escreve é para ser lido e comentado. É para ser "ouvido" goste-se ou não se goste do que esse alguém tem para dizer. É bom saber que se tem feed back e que as coisas não caem em saco roto. As asneiras que se dizem muitas vezes impensadas não fazem sentido se forem surdas e emudecidas. Comentar é giro e dá trabalho porque se leu e isso é bom.
    Comentar dá alento a que escreve...
    Continuem a ler
publicado por MaskedCrusader às 22:17

link do post | faça o obséquio de comentar | favorito
Terça-feira, 29 de Maio de 2007

Verdade surda

    Amanhã teremos mais um dia de greve, greve geral. Carvalho da Silva ,da CGTP, convocou no 1º de Maio,  sem a UGT, esta greve.  É, dada a situação, uma greve caricata, e quase que aposto, vai ter menos impacto na vida diária do país que a vitória do Sporting na Taça de Portugal.
    Suspiremos
publicado por MaskedCrusader às 19:07

link do post | faça o obséquio de comentar | favorito

.Portubol

.pesquisar

 

.Setembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Professores que futuro?

. Back online - É disto que...

. Volta ao bilhar grande

. Serei eu um(a) Bronco(a)?

. Coisas Fúteis

. Salvar o planeta... estam...

. Piaget vaidoso

. Invenções

. Está-se mesmo a ver que.....

. Verdade surda

.arquivos

. Setembro 2009

. Junho 2008

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

.favoritos

. A Bela Adormecida

blogs SAPO

.subscrever feeds